Service95 Logo
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Issue #025 “O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças
Image of protesters in Myanmar marching during a demonstration against the military coup AFP

“O mundo não enviou nada além de orações”: como Mianmar está sendo ignorada e quem são as ativistas tentando instigar mudanças

O que você faria se um dia o exército e a polícia se voltassem contra você? 

Como você se defenderia e protegeria seus entes queridos de serem baleados, sequestrados, torturados ou assassinados?

Esta é a vida em Mianmar desde fevereiro de 2021, quando o exército birmanês deu um golpe para tentar recuperar o controle concedido em falsas reformas democráticas. Anulando a eleição mais recente, eles prenderam a maior parte do governo civil de Mianmar, declararam estado de emergência e mergulharam o país no terror. 

Dezoito meses depois, 2.000 pessoas foram mortas pelas forças militares, incluindo manifestantes pacíficos, grevistas gerais, meros espectadores e centenas de crianças. E mais 11.000 estão na prisão sob leis ridículas que criminalizam a menor forma de dissidência. Algumas dessas pessoas são celebridades – os equivalentes de Mianmar a Leonardo DiCaprio e Billie Eilish, jogados na prisão por participar de uma passeata ou postar um tweet. Minha família vive com medo todos os dias. Mas o resto do mundo não enviou nada além de orações, e o maior bode expiatório é uma mulher chamada Aung San Suu Kyi.

Aung San surgiu como uma oponente feroz da longa ditadura militar de Mianmar no final dos anos 1980. Ameaçada devido a sua popularidade como líder da Liga Nacional para a Democracia (NLD), ela foi colocada em prisão domiciliar por 15 anos pela junta militar, que prendeu inúmeros outros ativistas.

Neste período, Aung San virou uma lenda. Elogiada internacionalmente e amada em Mianmar, ela até ganhou o Prêmio Nobel da Paz por sua longa luta pela democracia. Em 2015, cansados de ver o país ser tratado como um estado pária, a junta militar realizou o que parecia ser sua primeira eleição livre. A NLD venceu de forma esmagadora e teve permissão para formar uma coalizão desconfortável com a junta militar. Apesar de estar escrito na constituição que Aung San e seu partido não tinham poder real, o mundo finalmente declarou Mianmar uma democracia, e os turistas chegaram aos montes.

No entanto, pouco depois, Aung San sofreu uma derrota catastrófica quando os militares lançaram uma campanha de genocídio contra os rohingya – um povo apátrida que o exército birmanês afirma ser bengali e, portanto, não pertencente aos 130 grupos étnicos oficialmente reconhecidos em Mianmar. Sua recusa – ou talvez impossibilidade – de denunciar o genocídio foi interpretada como culpa por muitos de seus apoiadores internacionais. 

O mundo defendeu e lutou com entusiasmo pela democracia em Mianmar quando o país tinha um líder democrático em quem acreditar, mas, agora, a comunidade internacional se calou completamente, dando as costas a 55 milhões de pessoas – inclusive os rohingyas.

Tentei muito não comparar as reações à Ucrânia e à Mianmar, mas quando o U2 tocou Walk On em Kiev – uma música sobre Aung San que eles escreveram quando estava na moda se preocupar com Mianmar – mas não disseram nada sobre nossa situação atual, aquilo me quase me destruiu. Aung San está presa novamente sob acusações falsas, assim como outros membros do legítimo Governo de Unidade Nacional de Mianmar. Apesar disso, ainda existem mulheres tentando trazer mudanças. Aqui estão cinco delas, que precisam desesperadamente do seu apoio.

  1. Thinzar Shunlei Yi do Sisters 2 Sisters e People’s Goal
    Uma das ativistas mais proeminentes de Mianmar, Thinzar trabalha com os grupos democráticos ACDD e GSC e cofundou o Sisters 2 Sisters, promovendo a solidariedade entre mulheres que lutam contra a opressão sistêmica e a violência militar, e o People’s Goal, que apoia desertores militares. Thinzar diz: “É humano se sentir culpado pelos oprimidos. Mas essa culpa precisa nos levar a defender a democracia em casa, na comunidade e no mundo”.
  2. Wai Wai Nu da Women’s Peace Network
    Fundadora e diretora executiva da Women’s Peace Network, Wai Wai é uma mulher rohingya e ex-prisioneira política dedicada a construir a paz e a compreensão entre as comunidades étnicas e defender as mulheres marginalizadas em Mianmar. 
  3. Nandar do Purple Feminists Group
    Ativista do estado de Shan, em Mianmar, Nandar fundou o Purple Feminists Group para promover a igualdade de gênero e apresenta o podcast bilíngue Feminist Talks. Ela também coproduziu e dirigiu uma temporada de quatro anos de Os Monólogos da Vagina em Mianmar. 
  4. Me Me Khant do Students for Free Burma
    A poeta e ativista Me Me liderou comícios globais promovendo a luta pela liberdade de Mianmar como diretora executiva e cofundadora do grupo Students for Free Burma, que oferece consultoria a formuladores de políticas dos EUA sobre legislações importantes, como o Burma Act 2021, e produz campanhas para ajudar as pessoas que querem ajudar.
  5. Jan Jan do Global Movement for Myanmar Democracy
    Natural do estado de Kachin, em Mianmar, Jan Jan é líder de políticas da Birmânia para o Action Corps e cofundadora e diretora executiva da GM4MD. Ela diz: “O mundo precisa se preocupar com Mianmar porque é uma questão global que abrange direitos humanos, liberdade, democracia, justiça climática, responsabilidade corporativa e muito mais”.

MiMi Aye é autora de MANDALAY: Recipes And Tales From A Burmese Kitchen, eleito um dos melhores livros do ano pelo The Observer, pelo The Financial Times e por Nigella Lawson. Ela também apresenta o podcast de culinária e cultura The MSG Pod

← Back

Thank you for subscribing. Please check your email for confirmation!
Invitation sent successfully!

Please check your email for a reset password link!

Subscribe