Service95 Logo
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Issue #004 Mensagem da Dua
Monochrome illustrated portrait of Dua Lipa Lucy James

Mensagem da Dua

No Afeganistão, ele é conhecido como “Homem Resgate”, mas, para mim, Amed Khan é um amigo. Amed passou anos trabalhando em zonas de conflito, como a Síria e a Somália. Agora, ele está salvando vidas no Afeganistão, e já evacuou 1.500 pessoas com segurança até o momento. O Afeganistão está implodindo. Desde a retirada das forças ocidentais e a subsequente ocupação do Talibã, a economia entrou em colapso, 23 milhões de pessoas estão passando fome e mais de um milhão de crianças correm o risco de morrer por desnutrição. Pedi a perspectiva do Amed sobre as cenas terríveis da ocupação do Talibã e a luta diária da população pela sobrevivência. Não é uma leitura fácil, mas espero que inspire você, e a mim mesma, a pensar sobre como podemos ajudar a evitar uma crise humanitária inimaginável. Por onde começar? Exigindo que nossos governos reduzam a pressão sobre a economia afegã e ajudem o país com urgência. É uma questão de vida ou morte, literalmente. Beijos, Dua
← Back

Thank you for subscribing. Please check your email for confirmation!
Invitation sent successfully!

Please check your email for a reset password link!

Subscribe