Service95 Logo
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica
Issue #031 La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica

All products featured are independently chosen by the Service95 team. When you purchase something through our shopping links, we may earn an affiliate commission.

Images of men and women wearing brightly coloured suits for La Sape Alamy

La Sape: o ousado (e bem-vestido) movimento congolês que está mudando a narrativa sociopolítica

Todos os anos, no mês de junho, um grupo de homens e mulheres vestidos com roupas sofisticadas (mas nunca com mais de três cores) caminham ostensivamente pelas ruas movimentadas de Brazzaville, no Congo. Seus passos são lentos, mas grandiosos e imponentes, e eles completam a performance teatral com um dramático toque de calcanhar e bengala. Os moradores se vestem com verdadeira elegância e os espectadores atuam como juízes, votando em quem será eleito “sapeur do ano”. Estamos falando da La Sape. 

Abreviação do termo francês para “Sociedade de Ambientadores e Pessoas Elegantes”, a origem da La Sape remete ao período colonial do Congo, quando empregados domésticos se vestiam como seus mestres para fazer uma declaração sociopolítica e mostrar que podiam ser tão elegantes e inteligentes quanto eles. “A La Sape era uma maneira de dar esperança a uma geração que não tinha nenhuma”, diz o sapeur Monsieur Robby.

Para ser considerado um sapeur (alguém cuja criatividade se reflete no seu estilo e comportamento), era preciso ter viajado para a Europa – e assim o movimento social chegou à França e à Bélgica. 

Voltar ao Congo com um guarda-roupa luxuoso e cheio de ternos Guy Laroche ou Versace, sempre acompanhados de sapatos JM Westons, colocava a pessoa em outro patamar. Christine Checinska, curadora da exposição Africa Fashion, em cartaz no V&A, em Londres, entende por que alguns podem considerar esse estilo “exagerado”, mas explica: “Na cultura negra, vestir-se bem tem a ver com respeito próprio”.

Em resposta à desigualdade social enfrentada por muitos migrantes na França dos anos 70, clubes underground, como La Main Bleue em Paris (palco da infame festa de aniversário de Karl Lagerfeld em outubro de 1977), foram criados para atender às minorias, tornando-se um lar para sapeurs que estavam longe de casa. 

Mas foi a influência musical do falecido Papa Wemba que deu visibilidade internacional à La Sape. Apelidado de “rei do rumba rock”, com sua fusão de sons africanos e ritmo caribenho, o lendário artista e ícone fashion congolês difundiu o movimento em suas turnês pela França e pelo Japão entre o final dos anos 80 e início dos anos 90. 

Os sapeurs foram as estrelas do clipe de Losing You, lançado por Solange em 2012. Mais recentemente, as coleções do estilista Ozwald Boateng, inspiradas em seus frequentes passeios pelo Congo, também se tornaram momentos culturais importantes para divulgar esse estilo tão peculiar. 

Sempre vista como um estilo de vida alheio às normas sociopolíticas, a La Sape foi criada para projetar uma imagem de esperança e sobreposição de narrativas. Além disso, nas palavras de Arly La Liya, representante feminina do movimento, “La Sape é amor. Sape-se”.

Yelena Grelet é jornalista e cineasta multimídia e mora em Londres

Read More

SUBSCRIBE TO SERVICE95 NEWSLETTERS

Subscribe