Service95 Logo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo
Issue #036 Como a cultura pop coreana conquistou o mundo

All products featured are independently chosen by the Service95 team. When you purchase something through our shopping links, we may earn an affiliate commission.

Image of Seoul city and photographs from Make Break Remix: The Rise Of K-Style by Fiona Bae less_TAEKYUN KIM, 2022 ©

Como a cultura pop coreana conquistou o mundo

Após a abertura da exposição Hallyu! The Korean Wave, no V&A de Londres, Fiona Bae, escritora nascida em Seul, faz uma homenagem à cultura pop coreana

Estou escrevendo este artigo em um avião de Incheon, na Coreia do Sul, para Heathrow, em Londres. Acabei de participar da feira de arte Frieze Seul, que elevou o status cultural da cidade no contexto global. Thaddaeus Ropac, um dos galeristas de arte mais influentes do mundo, me disse que se surpreendeu com o entusiasmo e o conhecimento que os jovens coreanos têm sobre arte – mais do que em qualquer outro lugar. Ele também citou que as postagens de RM – rapper, cantor, compositor e membro da boy band sul-coreana BTS – sobre arte ajudaram a atrair fãs mais jovens. (No mês passado, foi revelado que RM doou 100 milhões de wons para a Overseas Korean Cultural Heritage Foundation). As pessoas estão cada vez mais curiosas sobre a singularidade da cultura coreana – há uma energia explosiva e uma solidariedade entre os jovens talentos criativos do país. Músicos, designers de moda e arquitetos estão se reunindo para surfar a grande onda que todos esperavam.

Os ingredientes para o sucesso da cultura coreana existem há muito tempo: pessoas trabalhadoras com um enorme apetite por aprendizado (graças às raízes no confucionismo), adaptabilidade e praticidade (graças às raízes no xamanismo), hipercompetitividade e um desejo de reconhecimento internacional resultante do desenvolvimento social acelerado. Adicione a tecnologia, o gosto e a imaginação sofisticados dos coreanos, e a atração por valores não ocidentais e pronto! – temos uma explosão cultural. 

Nas últimas décadas, o país passou por uma transformação notável. Os sul-coreanos não podiam viajar livremente para o exterior até o país sediar seus primeiros Jogos Olímpicos, em 1988, porque o governo temia a influência comunista dos norte-coreanos. Mas essa supressão gerou a rebeldia que permeia o estilo K. Seja na moda, na música, na arte ou no cinema, trata-se de uma atitude ousada e corajosa que mistura tudo o que os coreanos acham legal, sem nenhuma inibição. Rompendo as restrições sociais tradicionalmente opressivas, o K celebra a confiança, o orgulho e a independência recém-descobertos. O estilo ressoa em todos aqueles desencantados pelo domínio cultural do Ocidente, que querem se rebelar contra a velha ordem e criar algo próprio. Em um mundo onde os limites entre originalidade e cópia são cada vez mais tênues, a mistura criada pelo estilo K cria uma “nova autenticidade”. 

Assim como a própria Seul, o que torna o estilo K fascinante é sua complexa mistura e contraste entre o antigo e o novo, o ocidental e o oriental, o sofisticado e o vulgar. O diretor de cinema Park Chan-wook diz que é difícil agradar o público coreano com um único gênero. Por isso, seus filmes misturam suspense, drama, terror e comédia. 

Ainda assim, a Coreia está passando por uma transição delicada. As pessoas começaram a perceber que a avaliação individual de suas escolhas pode ser mais importante do que a validação externa. O molde está sendo quebrado. No entanto, os jovens coreanos ainda buscam sua identidade. Com a paixão e a insistência em criar algo próprio, acredito que o estilo K continuará se revelando com força e diversidade.

Criada em Seul e radicada em Londres, Fiona Bae é autora do novo livro Make Break Remix: The Rise Of K-style, publicado pela Thames & Hudson. Ela foi responsável pela comunicação da Frieze Seoul e está criando um gin coreano com seu marido, um destilador de gin de 12ª geração, na capital britânica

Read More

SUBSCRIBE TO SERVICE95 NEWSLETTERS

Subscribe