Service95 Logo
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?
Issue #077 “Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?

All products featured are independently chosen by the Service95 team. When you purchase something through our shopping links, we may earn an affiliate commission.

Women protesting about book bannings and censorship Getty

“Banir um livro é banir uma ideia” – o que está por trás da nova onda de proibições de livros?

No ano passado, a escritora Margaret Atwood lançou uma edição limitada e resistente ao fogo do seu livro O Conto da Aia. Desde sua publicação em 1985, o livro foi proibido, ou recebeu pedidos de proibição, em estados dos EUA e países como Portugal e Espanha por conter palavrões e conteúdo sexual, ser anticristão e apresentar personagens LGBTQIA+. Comemorando a edição à prova de fogo no The Atlantic, ela escreveu: “Para aqueles que querem impedir os jovens de ler O Conto da Aia, boa sorte! Isso só vai deixá-los ainda mais curiosos”. Feito de um papel que não queima, o livro foi um ato de desafio; um símbolo da reação de Atwood à proibição de livros, dela ou de qualquer outra pessoa.

Image of author Margaret Atwood burning Handmaid's Tale book with flame
Margaret Atwood, Penguin Random House/Sotheby’s

Embora um relatório recente da American Library Association mostre que 2022 foi um ano recorde para tentativas de proibição de livros nos EUA, a prática ocorre há séculos. Da Bíblia à série Harry Potter, as motivações para proibir livros são variadas. Mickey Huff é o diretor do Project Censored, a força por trás da iniciativa global Banned Books Week nos EUA. Para ele, trata-se de poder. “Os livros costumam ser alvo de supressão porque desafiam o status quo ou a ortodoxia da sociedade”, diz ele. “Livros que expressam narrativas contrárias às estruturas dominantes causam desconforto nos que estão no poder, em vez torná-los tolerantes e inclusivos.”

Daniel Gorman, diretor do English PEN, uma organização que defende a liberdade mundial de escrever e ler, acrescenta que a proibição de livros pode ser parte de um processo de erradicação. “O objetivo de banir um livro é banir uma ideia e, consequentemente, uma identidade.”

No entanto, a proibição de livros não é só sobre política e ideologia. Há também apelos para proibir ou repensar textos que ofendem por misoginia, homofobia e racismo. Em maio deste ano, a estudante Angel Mhande pediu que o romance Ratos e Homens, de John Steinbeck, de 1937, fosse removido do currículo escolar devido ao uso de calúnias raciais. Em 2019, o Pink News informou que a biblioteca de uma escola de Londres continha livros que “promoviam intolerância e ódio contra a homossexualidade” e outra que “continha visões misóginas”. Em 2018, ativistas de Bangkok pediram ao governo tailandês que removesse vários livros didáticos das escolas, incluindo um que aconselhava os pais a “levar seus filhos LGBT a psiquiatras”. Várias universidades do Reino Unido adicionaram avisos de gatilho a títulos que incluem livros de Shakespeare e Jane Austen, para proteger os alunos de conteúdo potencialmente perturbador. E as discussões sobre se as obras de Roald Dahl devem ou não ser reescritas para remover conteúdo potencialmente racista ou sexista continuam. 

Daniel argumenta que um livro nunca deve ser banido – mas o contexto é tudo. “Mesmo o material mais extremo deve ser publicado de alguma forma e com os métodos apropriados de divulgação. Pode haver algumas áreas onde a remoção de conteúdo é apropriada, como imagens não consensuais ou textos difamatórios, mas isso deve ser claramente definido.” Mickey vai mais longe. “Proibir livros como forma de censura é sinal de uma democracia em ruínas, flertando com o totalitarismo”, diz ele. “Não se deve sentar e observar essas coisas acontecerem. Não aos censores. Não à censura.”

Simon Coates é escritor e artista, tem trabalhos publicados no The New European e no jornal escocês The National, e mora em Londres

Read More

SUBSCRIBE TO SERVICE95 NEWSLETTERS

Subscribe