Service95 Logo
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude
Issue #002 Apologia à solitude

All products featured are independently chosen by the Service95 team. When you purchase something through our shopping links, we may earn an affiliate commission.

Dua Lipa reads book at dinner table, where she is eating a taco

Apologia à solitude

Este mês, tive um encontro – o primeiro deste ano. Foi uma resolução de Ano Novo ter um encontro naquela data, não por causa de uma companhia específica, mas pela falta dela.  Estava muito nervosa com a ideia de sair sozinha. Então, levei meu livro de cabeceira, A Cidade do Sol, de Khaled Hosseini (veja minhas outras dicas de leitura abaixo). Foi uma surpresa descobrir que é fácil estar sozinha.   Fui jantar em um restaurante chamado Cosme, em Nova York – não deixe de experimentar o pato com panquecas e o merengue de palha de milho. Eu me senti uma pessoa livre para viver a própria vida e não me senti sozinha nenhum segundo. Pelo contrário, adorei perceber o quanto gosto de ficar comigo mesma. Como diz a Arwa Mahdawi, uma das escritoras desta edição, eu me senti poderosa 
  1. A Metade Perdida, de Brit Bennett  
  2. A História de Shuggie Bain, de Douglas Stuart  
  3. To Paradise, de Hanya Yanagihara  
  4. Animal, de Lisa Taddeo   
  5. Pachinko, de Min Jin Lee 
Beijos, Dua 

Não perca o primeiro episódio do meu novo podcast, Dua Lipa: At Your Service – assine agora 

ASSINE O PODCAST DUA LIPA: AT YOUR SERVICE

Read More

SUBSCRIBE TO SERVICE95 NEWSLETTERS

Subscribe