Service95 Logo
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual
Issue #027 A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual

All products featured are independently chosen by the Service95 team. When you purchase something through our shopping links, we may earn an affiliate commission.

Image of author Lillian Fishman alongside her book cover Acts Of Service Angalis Field

A escritora Lillian Fishman compartilha um trecho do seu romance de estreia sobre o desejo sexual

Um estudo provocativo do sexo e da sexualidade, Acts Of Service de Lillian Fishman foi descrito como “ousado e inflexivelmente sexy” (Vogue), “radical, ousado e estimulante” (Sheila Heti) e um livro “que vai direto ao ponto, sem preliminares” (Raven Leilani). Quando a Service95 conversou com Lillian Fishman, ela admitiu que seu livro é, em grande parte, “sobre uma mulher que se envolve em um caso secreto a três”, mas também explora “a natureza do desejo e da sexualidade de agora”. É sobre tentar entender por que queremos o que queremos, conciliando o que queremos com o que achamos que devíamos querer, e como esses desejos são moldados pelos nossos mundos sociais. Aqui está um trecho exclusivo do capítulo de abertura (em tradução livre)...

Eu tinha centenas de nudes armazenados no meu telefone, mas nunca os enviei para ninguém. As fotos em si eram bem normais: meu corpo sem rosto flutuando em quartos e banheiros, refletido em espelhos. Sempre que fazia um nude eu me apaixonava por ele por um instante. De pé ali, nua e curvada sobre minha pequena tela, sentia-me sobrecarregada com o desejo de mostrar a alguém essa nova iteração do meu corpo. Mas cada foto parecia mais privada e impossível do que a anterior.

Elas refletiam algo além do desejo, mais difícil e mais humilhante. Enquanto escovava os dentes ou saía do banho, via meu próprio corpo e ficava oprimida com uma sensação de urgência e desuso. Meu corpo gritava que eu não estava cumprindo meu propósito. Eu deveria fazer sexo – provavelmente com um número descontrolado de pessoas. Talvez fosse ainda mais selvagem que isso, e eu não deveria foder, mas ser fodida. O propósito geral da minha vida permanecia misterioso, mas concluí que meu propósito como corpo era simples.

Eu tinha muito medo do mundo para sair por aí e ser fodida, atormentada demais por bloqueios, memórias de namoradas de merda, medo de violência. Em vez disso, tirava fotos. Nas fotos, meu corpo parecia deslumbrante, imaculado, muitas vezes arqueado como se tentando escapar pela margem superior. Era como seu eu fosse uma solteirona cheia de ansiedades e repressões, encarregada de acompanhar uma jovem que não entendia a injustiça da situação. Uma noite, enquanto me sentia excepcionalmente bonita e isolada, decidi começar a compartilhar os nudes online. Usei um site que anonimizava o nome dos usuários e endereços IP, e publiquei três fotos sem texto.

Eu estava no banheiro da minha namorada, na manhã seguinte, quando Olivia me mandou uma mensagem. Meu post tinha gerado mais respostas do que eu era capaz de ler. Talvez não seja uma surpresa que a lascívia, a apreciação ou mesmo a brutalidade ocasional desses comentários não me deixaram satisfeita. O anonimato das fotos parecia covarde, e a distância dos espectadores era tanta que tornava suas reações sem sentido. A única parte eletrizante era atualizar repetidamente a página para ver as fotos se reconstituírem repetidamente, não em uma pasta privada no meu telefone, mas em uma sala branca compartilhada e acessível de todos os cantos do mundo.

Eu era culpada de um tipo de transgressão contra minha namorada, Romi – isso ficou claro pelo fato de eu estar atualizando a página escondida no banheiro dela.

O sabonete da marca da farmácia da Romi estava em cima da pia. Seu uniforme limpo do hospital estava pendurado atrás da porta como o desenho mal feito de uma pessoa. Mas, ponderei olhando para o telefone, as fotos não tinham nada a ver com ela. Só o meu corpo aparecia nelas, e o meu corpo não pertencia a ela.

Acts Of Service de Lillian Fishman foi publicado pela Europa Editions UK

Lillian Fishman recebeu seu Master of Fine Arts pela New York University, no programa de fellowship Jill Davis. Acts Of Service é seu primeiro romance

Read More

SUBSCRIBE TO SERVICE95 NEWSLETTERS

Subscribe